{Resenha} Herança - Christopher Paolini

3 comentários:
Depois de uma semana devorando este maravilhoso livro, trago a vocês a resenha mais maravilhosa que já fiz em toda a minha vida.

Título: Herança
Série: Ciclo da Herança
    1 - Eragon
    2 - Eldest
    3 - Brising
    4 - Herança
Autor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Páginas: 792
Ano: 2012
Saiba mais em: Skoob
Compre em: Submarino  Americanas  Amazon 

Sinopse:Até bem pouco tempo, Eragon nada mais era do que um pobre garoto da fazenda, e seu dragão, Saphira, apenas uma pedra azul na floresta. Em Herança, o destino de toda uma civilização está sobre seus ombros. Fortalecidos por longos treinamentos e incontáveis batalhas, Eragon e Saphira somam muitas vitórias, mas também colecionam as dores de perdas muito difíceis. Agora, a derradeira batalha está para começar.O Cavaleiro e seu dragão chegaram mais longe do que qualquer um ousou imaginar.Mas será que eles serão capazes de derrubar o poderoso tirano Galbatorix e restaurar a justiça no reino da Alagaësia? E se conseguirem, qual será o custo da vitória?

Clique aqui para ver a resenha do segundo livro (Eldest)
Clique aqui para ver a resenha do terceiro livro (Brisingr)


Durante os três primeiros livros, relata-se a evolução de Eragon e todas as suas descobertas em relação a sua origem. Primeiramente encontramos um menino órfão que vive com seu tio Garrow na vila de Carvahall, sua mudança de órfão a cavaleiro quando encontra o ovo de Saphira e, posteriormente, a guerra criada entre os Varden e o rei Galbatorix para livrar o reino de Alagaësia desse rei malévolo e, se possível, ressurgir a legião de cavaleiros e seus dragões.

No último livro da série Ciclo da Herança, retrata a invasão dos Vardens no coração de Alagaësia, mostrando que Roran poderá ser um excelente comandante mesmo não tendo poderes de magia, e seu querido primo Eragon relutante em acreditar que não poderá superar o poder de Galbatorix, pois mesmo sendo um cavaleiro suas forças são ínfimas ao ser comparadas com a do usurpador.

Mesmo sendo inferior ao rei, Eragon tem a possibilidade de vencer esta guerra, pois será a primeira vez em toda a história que todas as raças (Urgals, Anões, Elfos, Meninos-gato e humanos) se juntam para poder salvar o reino das tiranias que os assolam a mais de 100 anos. A partir de mensagens e gestos de "espíritos", Eragon começa a compreender seu destino, observar as fraquezas de Galbatorix e pode estabelecer um plano para tentar derrubar este ditador.

O livro é perfeitamente bem escrito, cada guerra é relatada minuciosamente, mostrando sempre dois pontos de vistas - podendo ser de Eragon/Roran ou Eragon/Nasuada - isso deixa o livro maravilhosamente bem escrito, pois tudo está acontecendo paralelamente, e essa dinamicidade possibilita a nossa compreensão do fato como um todo.

Por ser o último livro da série, fica sempre aquele gostinho de "quero mais", um desejo de reler e uma possibilidade de o autor ter demorado para terminar. Neste, em especial, achei que ele poderia ter demorado um pouquinho mais, ter explicado com mais detalhes a vida após a última guerra das guerras. As passagens se tornaram rápidas, e assim, nos despedimos mais cedo do nosso querido personagem, algo que fiz com os olhos marejados de lágrimas.

Mas, independente disso, acredito que essa série foi uma das melhores que já li em toda a minha vida, estou abismada como o autor conseguiu colocar a realidade em um livro de fantasia, pois nele é tratado a religião, a política e o caráter do ser humano, sendo este tema extremamente atual. Mostrando que as pessoas podem se tornar boas independente de seu passado, que nossas escolhas nos moldam e que nossa essência está relacionada com o que pensamos e fazemos. Ou seja, esse livro é maravilhoso e extremamente atual, estou apaixonada e desejando relê-los hehe.

Algumas fotinhas desse maravilhoso livro *.*

O último livro da série

Yoshi sendo intruso hehe

Box e livros *..*

A parte de trás e todas as capas dos livros. (Magnífico)
Classificação:

E assim, encerro está resenha. Com extrema dor no coração em ter que dizer "tchau" para minha querida Saphira, Eragon, Arya, Fírmin, Roran, Nasuada, Orik e todos os outros personagens desse bela aventura.

Espero que tenham gostado, tanto quanto eu, dessa resenha. Beijinhos..









{Resenha} O Sal da Vida - Françoise Héritier

Nenhum comentário:
Olá pessoinhas, tudo bem com vocês? Hoje trago uma resenha simples e magnífica. Espero que ela desperte o interesse da leitura desse pequeno livro.


Título: O Sal da Vida
Autor: Françoise Héritier
Editora: Valentina
Páginas: 108
Ano: 2013
Saiba mais em: Skoob
Compre em: Submarino  Americanas  Amazon 


Sinopse: Existe uma forma de leveza e de graça no simples fato de existir, que vai além das ocupações, além dos sentimentos poderosos e dos engajamentos políticos. É sobre isso que este livro fala. Sobre esse pequeno plus que nos é dado a todos: “O Sal da Vida”. Nesta meditação, nesta espécie de poema em prosa em homenagem à vida, totalmente íntimo e sensorial, a renomada antropóloga Françoise Héritier vai atrás das pequenas coisas agradáveis (às vezes nem tanto) às quais aspira o mais profundo do nosso ser: as imagens e as emoções, os momentos marcados de recordações que dão sabor à vida, que a tornam mais rica e mais interessante do que muitas vezes acreditamos que ela seja, e que nada nem ninguém poderá nos tirar, nunca, jamais!

Françoise criou um livro simples, sutil e magnífico, mostrando como nossa vida é regrada e que devemos nos compreender e perceber que nossas atitudes, aquelas inusitadas, nos moldam e nos fazem ser quem somos.

O livro começa quando a autora recebe uma carta de um amigo, onde ele inicia dizendo "Uma semana roubada de férias na Escócia.". A partir desse ponto, a autora começa a discutir o que fazemos de nossa vida, nos lembrando que estamos encurralados em compromissos repetitivos e obrigatórios, não deixando tempo suficiente para que possamos realizar tarefas agradáveis que nos moldem e nos transforme.. Essas tarefas são amplas, podendo ser sutis como devanear sobre a vida, ou monumentais como acordar em Paris. 

O livro é como um diário, se passando dois meses dos quais ela cita possíveis atitudes que são o "sal da vida", nos mostrando que cada atitude está relacionada a um período da vida, tendo sinais da infância, adolescência e da fase adulta, mostrando que elas possibilitam que possamos criar uma bagagem e que possamos ser felizes através de simples atos. Pois o pronome "eu" está carregado de toda a nossa história, recordações e vivências, devendo assim, ser aproveitado cada minuto que temos em nossa vida para moldar o nosso "eu".

Ao final, ela nos disponibiliza quatro páginas para que possamos responder a seguinte pergunta : "Para você, o que representa o sal da vida?"
Ao pensar nisso, eu tentei imaginar que minha vida fosse uma refeição, da qual eu adiciono o sal para dar sabor a ela. Então, para mim, o sal da minha vida é toda e qualquer atitude que tempere, que de sabor de "vivência", que mescle todas as pequenas atitudes para criar meu "eu" em função das minhas experiências de vida, seja ela uma viagem, um livro lido, uma discussão ou até uma matéria na faculdade. Porque todas as sutilezas da vida tem a função de nos modificar.

Classificação:

Espero que tenham gostado da resenha e que possam refletir sobre o sal de sua vida...


Beijinhos!










{Resenha} Brisingr - Christopher Paolini

4 comentários:
Olá meus queridos e fiéis seguidores, tudo bem com vocês? Hoje trago a resenha do segundo livro do Ciclo da Herança e minha opinião sobre ele.

Título: Brisingr
Série: Ciclo da Herança
    1 - Eragon
    2 - Eldest
    3 - Brising
    4 - Herança
Autor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Páginas: 706
Ano: 2009
Saiba mais em: Skoob
Compre em: Submarino  Americanas  Amazon
Sinopse: Em Brisingr, Eragon e seu dragão, Saphira, conseguiram sobreviver à batalha colossal na Campina Ardente contra os guerreiros do Império. No entanto, Cavaleiro e dragão ainda terão de se deparar com inúmeros desafios. Eragon se vê envolvido numa série de promessas que talvez não consiga cumprir, como o juramento a seu primo, Roran, de ajudá-lo a resgatar sua amada Katrina das garras de Galbatorix. Todavia, Eragon deve lealdade a outros também. Os Varden precisam desesperadamente de sua habilidade e força, assim como elfos e anões. Com a crescente inquietação dos rebeldes e a iminência da batalha, Eragon terá de fazer escolhas que o levarão a atravessar o Império, viajando muito além. Escolhas que poderão submetê-lo a sacrifícios inimagináveis? Conseguirá o jovem unir as forças rebeldes e derrotar o Império?



No primeiro livro, após Eragon sair de sua cidade para ir vingar a morte de seu tio Garrow, deixa seu primo Roran sozinho em Carvahall,onde os Ra'zac tentam capturá-lo para obter informações do paradeiro de Eragon e Saphira, sabendo que sua cidade não terá chances de sobrevivência contra o exército de Galbatorix decidem, então, viajar até Surda para pedir proteção e tentar salvar sua amada Katrina, que foi levada pelos Ra'zac como prisioneira.

O terceiro livro retrata a viagem de Eragon, Roran e Saphira pelo Reino de Galbatorix para tentar salvar Katrina das garras dos Ra'zacs. Mostrando os dilemas que existem no interior de Eragon, ele renegando seu pai biológico, tentando mostrar através de ações que ele e Galbatorix são completamente diferentes e que a luta dos Varden é pelo bem de todas as raças.

Durante a primeira metade do livro, posso dizer que ele deixa a desejar, pois os dois primeiros livros são cheios de ação e aventura, e o terceiro livro é mais cheio de detalhes e rituais de diversas raças. Mas, a segunda metade do livro nos deixa extremamente empolgados, pois, é claro, tem lutas e guerras! *.*

A escrita do autor é maravilhosa e é impossível prever o futuro do livro, pois ele não dá pistas, não deixa explicito o que irá acontecer com determinado personagem, fazendo com que cada detalhe se torne maravilhoso.

A última metade do livro mostra como todas as raças do reino se aliaram e desejam derrotar o exercito e o próprio Galbatorix, estando cheio de surpresas e revelações que nos fazem chorar, deixando, nas últimas páginas, um sentimento de dor e pêsames (chorando até agora por causa daquelas últimas páginas).




Classificação:



Confesso que estou extremamente triste ao saber que resta apenas mais um livro e depois não terei mais a companhia de Saphira, Eragon e Arya. Espero imensamente que eles saiam vitoriosos e que eu traga uma resenha magnífica na próxima vez..

Beijinhos :*










Black Friday Brasil

8 comentários:

Olá, amiguinhos. Tudo bem com vocês?

Minha vida está meio turbulenta, fim de semestre na faculdade acaba comigo :/ então... não estou conseguindo terminar de ler meu queridinho livro para trazer minhas impressões a vocês.

Como faz tempinho que não posto, decidi fazer uma postagem sobre minha última maior desilusão dessa vida, sim, o BF desse ano foi desesperador, inacreditável como os sites tiveram coragem de dizer que estavam participando dessa promoção, quem acompanha os preços deles sabem que os preços fixados na última sexta-feira foi ilusório, pois a maioria dos produtos tinha esse preço durante todo o ano.
Mas, enfim, eu consegui comprar umas coisinhas que estavam na promoção, confesso que foi no estilo achar uma agulha no palheiro, porque existiam livros baratos, mas esse barato poderia ser comprado durante o ano todo, pois esse era o preço real dele, então foi meio difícil tentar lembrar os preços que os livros estavam na semana que antecedeu a promoção..

Os livros que comprei foram:


Título: Laços de Sangue
Série: Bloodlines
    1 - Laços de Sangue
Autor: Richelle Mead
Editora: Seguinte
Páginas: 430
Ano: 2013
Saiba mais em: Skoob
Comprei por: R$9,90 no Ponto Frio
Sinopse: O trabalho de Sydney Sage não é nada fácil: ela e seus colegas alquimistas são os únicos no mundo todo que sabem que vampiros existem para além das telas de cinema - e são uma ameaça realhumanidade. Para manter a ordem, eles devem impedir, a qualquer custo, que esse segredo vaze e que os reles mortais se aproximem desses seres perigosíssimos.

Título: Questões do Coração
Autor: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Páginas: 440
Ano: 2011
Saiba mais em: Skoob
Comprei por: R$8,90 no Ponto Frio
Sinopse: Tessa Russo é mãe de duas crianças e esposa de um renomado cirurgião pediatra. Apesar dos avisos de sua mãe, Tessa recentemente abriu mão de sua carreira pra se focar na família e na busca da felicidade doméstica. Ela parece destinada a viver uma boa vida.Valerie Anderson é advogada e mãe solteira de Charlie que tem apenas 6 anos e nunca conheceu o pai. Depois de muitas decepções, ela desistiu do amor - e até mesmo das amizades - acreditando que é sempre mais seguro não ter muitas expectativas.Embora as duas mulheres vivam no mesmo subúrbio de Boston, elas tem muito pouco em comum além do amor pelos filhos. Mas numa noite, um trágico acidente faz suas vidas se encontrarem de um jeito inesperado.Em uma história alternativa e com vários pontos de vista, Emily Giffin nos emociona com um livro luminoso em que boas pessoas são pegas em circustâncias insustentáveis. Cada um sendo testado de maneiras que nunca pensaram ser possível. E cada um deles descobrindo o que realmente importa.

Título: Escuridão Total sem Estrelas
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Páginas: 392
Ano: 2015
Saiba mais em: Skoob
Comprei por: R$9,90 no Ponto Frio
Sinopse:Na ausência da luz, o mundo assume formas sombrias, distorcidas, tenebrosas. Em Escuridão Total Sem Estrelas os crimes parecem inevitáveis; as punições, insuportáveis; as cumplicidades, misteriosas.
Em 1922, o agricultor Wilfred e o filho, Hank, precisam decidir do que é mais fácil abrir mão: das terras da família ou da esposa e mãe.
No conto “Gigante do Volante”, após ser estuprada por um estranho e deixada à beira da morte, Tess, uma autora de livros de mistério, elabora uma vingança que vai deixá-la cara a cara com um lado desconhecido de si mesma.
Já em “Extensão Justa”, Dave Streeter tem um câncer terminal e faz um pacto com um estranho vendedor. Mas será que para salvar a própria vida vale a pena destruir a de outra pessoa? E, em “Um Bom Casamento”, uma caixa na garagem pode dizer mais a Darcy Anderson sobre seu marido do que os vinte anos que eles passaram juntos.
Os personagens dos quatro contos de Stephen King passam por momentos de escuridão total, quando não existe nada — bom senso, piedade, justiça ou estrelas — para guiá-los. Suas histórias representam o modo como lidamos com o mundo e como o mundo lida conosco. São narrativas fortes e, cada uma a seu modo, profundamente chocantes.

Série: Quarteto de Noivas
Títulos:
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Páginas: 1168
Ano: 2015
Comprei por: R$29,90 nas Lojas Americanas
Sinopse:Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam brincar de casamento no jardim. Anos depois, fundaram a Votos, a melhor empresa de organização de casamentos do estado. Mas, apesar de tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora.

Agora a notícia mais linda do mundo: existe livros que serão sorteadossssss.
Isso mesmo, terá sorteio em breve aqui no blog, então fique de olho nas nossas redes sociais porque teremos sorteios lindos para vocês, pelas minhas contas serão no mínimo três sorteios :D

Beijinhos, espero que tenham gostado da surpresa e quando os livros chegarem postarei uma fotinha deles. *.*










{Resenha} Eldest - Christopher Paolini

2 comentários:

Olá meus queridos e fiéis seguidores, tudo bem com vocês? Hoje trago a resenha do segundo livro do Ciclo da Herança e minha opinião sobre ele.

Título: Eldest
Série: Ciclo da Herança
    1 - Eragon
    2 - Eldest
    3 - Brising
    4 - Herança
Autor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Páginas: 656
Ano: 2006
Saiba mais em: Skoob
Compre em: Submarino  Americanas  Amazon
Sinopse: Eldest acompanha o amadurecimento do jovem guerreiro protagonista da história. A narrativa começa três dias após a cruel batalha travada por Eragon para libertar o Império das forças do mal. O Cavaleiro de Dragões se vê envolvido em novas e emocionantes aventuras. Em busca de um tal Togira Ikonoka, O Imperfeito que é Perfeito, que supostamente possui as respostas para todas as suas perguntas, Eragon parte, junto com Saphira, o dragão azul que o acompanha desde o início da aventura, para Ellesméra, a terra onde vivem os elfos. Lá, eles pretendem aprender os segredos da magia, da esgrima e aperfeiçoar o seu domínio da língua antiga.

O livro retoma a viagem de Eragon e Saphira que se iniciou através da vingança pela morte se seu tio Garrow, mas com o passar das páginas, tornou-se uma resistência contra as atrocidades que o rei Galbatorix submetia o reino Alagaësia, se tornando a esperança para os humanos, Varden, elfos e anões de um futuro de liberdade e sem o medo constante que os assolam a séculos.

Durante o decorrer do livro, ficamos a par da história que acontece simultaneamente em três diferentes locais: o vale Palancar que conta a história de seu primo Roran e os habitantes de Carvahall; os vardens que se veem obrigados a abandonar as montanhas Beor e se deslocar para Surda; e as aventuras de Eragon na terra dos elfos ,em Du Weldenvarden, onde ele e Saphira irão se aprimorar para tentar combater o terrível rei de Alagaësia.

Este livro mostrou ser mais sossegado do que o Eragon, mas sua história é tão envolvente, ela começa a te preparar para o inevitável: a guerra contra o bem x mal, que é meio impossível não se apaixonar mais e mais pelos personagens, me tornei meio que uma mãe postiça da Saphira, me apaixonei pelo seu temperamento e por sua lealdade; quando pensamos no Eragon, podemos observar uma clara evolução tanto fisicamente quanto psicologicamente, e isto enriquece muito o livro, pois nos tornamos parte dele.

O que mais gosto nesta série é a leveza que o autor discute assuntos muito delicados, tendo uma passagem em que Eragon interroga seu mestre Oromis sobre qual religião os elfos seguem. A resposta de Oromis é categórica e nos faz pensar muitíssimo nos dias de hoje onde as pessoas "lutam" por ideais que não fazem sentido para um deus que prega o amor, são nesses pequenos jogos de realidade e ficção que me fazem ficar ainda mais apaixonada pela série. Abaixo segue o diálogo entre os dois:
Fonte: Maisami-chan








- E você não valoriza deuses. Disse Eragon
- Acreditamos apenas naquilo que podemos provar que existe.
Como não temos evidências de que deuses, milagres e outras coisas sobrenaturais são verdadeiras, não nos preocupamos com eles. Se isso mudasse, se Helzvog se revelasse para nós, então poderíamos aceitar a evidencia e rever a nossa posição.
- Parece-me que esse é um mundo muito frio sem algo... a mais.
- Pelo contrário - disse Oromis - é um mundo melhor. Um mundo onde somos responsáveis pelas nossas ações, onde podemos ser gentis com o próximo, porque queremos ou porque é correto, em vez de nos sentirmos ameaçados pelo castigo divino. Não vou lhe dizer no que acreditar. Eragon. É bem melhor ser ensinado a pensar de forma crítica e poder tomar suas próprias decisões, do que ter as noções de um outro alguém jogadas nas suas costas. Você nos perguntou sobre a nossa religião e eu lhe respondi a verdade. Faça com isso o que quiser.

Estou extremamente entusiasmada com a série, pois o final de Eldest mostra que o terceiro livro (Brisingr) será recheado de aventuras e muita, mas MUIIIIITA emoção. (Estou segurando os forninhos hihi) 

Beijinhos e espero que tenham gostado.. Até a próxima :D










'Quem sou eu?"

2 comentários:
Boa tarde corujinhas e corujinhos! Andam corujando muito? Eu nem tanto. 
É um prazer poder fazer parte deste blog. Há uns dois anos atrás, eu acho, conheci a Lali e a Tati (e mais umas dezenas de pessoas) através de um grupo de leitores no WhatsApp. Era um grupo - aliás, é, mas eu não faço mais parte - engraçado e gerador de "tretas". 
Mas enfim, hoje somos amiguinhas virtuais, cada uma em uma época da vida, com um sonho, milhares de metas e um objetivo em comum, se conhecer!
Atualmente sou estudante, faço cursinho pré-vestibular, e também estou meio decepcionada com meus acertos no Enem, mas isso não vem ao caso agora, rsrs. Sou técnica em cerâmica, e sim, sei fazer vasos e é MUITO difícil ser Ghost. Hoje, faço estágio em um Laboratório de Caracterização Tecnológica e AMO! Quero fazer Geologia na USP.
Namoro faz 5 meses, cuido do grupo de jovens da minha igreja e sou uma adolescente preguiçosa. Amo dormir, comer e dormir e comer. 
Acho que é só... qualquer dúvida, estou "disponível".
Na religião que eu sigo desde pequena, Messiânica, cultuamos nossos antepassados. Essa semana, comecei a fazer uma pesquisa sobre eles e sobre minha família em si. Hoje, conversando com a minha avó paterna fiquei bem curiosa sobre conhecer melhor meus tios avôs, primos de segundo grau, de onde eles são, pra onde foram e chegando em casa, dei uma pesquisada sobre como montar minha árvore genealógica e descobri que, vou ser uma pesquisadora daqui pra frente e desejo compartilhar com vocês essa experiencia.
Sempre quis saber quem sou eu nesse aspecto familiar, e espero concretizar esse objetivo. 
Adotei como um hobby, quero descobrir coisas maravilhosas.
E o primeiro passo é: não desistir, porquê é cansativo. 
Já tenho alguns nomes e estou passando para esse site http://www.myheritage.com.br/
Como estou em época de vestibular, vou esperar minhas férias para visitar algumas pessoas, sites e cartórios. 

Acham isso interessante?
Qual hobby de vocês?


Um beijinho de luz. 

Letícia Leal



{Resenha} Eragon - Crhistopher Paolini

6 comentários:
Bom dia chuchuzinhos, tudo bem com vocês? Hoje trago mais uma leitura apaixonante que tive o prazer de realizar, espero que vocês se apaixonem assim como eu, a história é magnífica.


Título: Eragon
Série: Ciclo da Herança
    1 - Eragon
    2 - Eldest
    3 - Brising
    4 - Herança
Autor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Páginas: 460
Ano: 2003
Saiba mais em: Skoob
Compre em: Submarino  Americanas  Amazon
Sinopse: Eragon é o romance de estreia de Christopher Paolini, uma história repleta de ação, perigosos vilões e locais fantásticos. Com dragões e elfos, cavaleiros, lutas de espadas, inesperadas revelações e, claro, uma linda donzela que é muito bem capaz de cuidar de si própria. O protagonista, de quinze anos, é um pacato rapaz do campo, que ao encontrar na floresta uma pedra azul polida, se vê da noite para o dia no meio de uma disputa pelo poder do Império, na qual ele é peça principal.

O livro retrata a vida de Eragon, um menino que foi abandonado pela mãe e adotado por seu tio Garrow, eles vivem em uma casinha muito distante do vilarejo Carvahall. Eragon utiliza sua habilidade de arco e flecha para poder obter alimentos para a família no inverno, durante uma de suas buscas, ele se depara com uma pedra azul turquesa e a leva para casa.

A partir desse momento, ele se torna um Cavaleiro de dragão, pois a pedra azul - na realidade - é um dos últimos três ovos de dragão que existe no reino. O rei Galbatorix deseja dominar o reino, e não aceita que haja outro cavaleiro que não esteja sobre o seu poder, com isso, cria-se uma longa jornada para Eragon e Brom (seu treinador) para que possam chegar aos Vardens a salvo e destruir o governo de Galbatorix, um rei tirano e perverso.

Quando comecei a ler este livro, já estava com uma alta expectativa, pois todos os sites que visitava sobre os livros mais "tops" geek, ele sempre estava entre os primeiros. Então a minha ânsia por aventuras estava nas alturas, e depositei muito desejo nessa primeira leitura. (Ver site) 

A leitura é muito envolvente, começamos a nos apaixonar pouco a pouco por Eragon, Saphira, Brom e Arya. A cada nova batalha, nos sentimos com o coração apertado não querendo que aconteça nada com eles. Confesso que me apaixonei perdidamente pela Saphira, seu amor incondicional pelo seu cavaleiro é no mesmo nível do amor de um cão para seu dono, com a diferença que essa belezura solta fogo quando fica brava. haha

A história é escrita em terceira pessoa, nos possibilitando poder saber o que os personagens pensam (narrador onisciente), os personagens são amplamente bem construídos, complexos, não sendo possível desvendá-los em um primeiro momento, é necessário muita leitura e estudo de suas atitudes para saber qual lado cada um está.

A cada novo capítulo sua paixão vai aumentando, fazendo com que você comece a devorar o livro. Durante toda a minha leitura apenas um pensamento reinou na minha cabeça "por que você demorou tanto para ler esse livro?". O mais impressionante e surpreendente é que o autor começou a escrever este livro com apenas 15 anos de idade, E X A T A M E N T E, o que você estava fazendo com 15 anos? Eu estava me matando de estudar para passar no vestibular, enquanto ele (risos eternos) estava fazendo APENAS um livro. É de cair o queixo e se apaixonar ainda mais pela história.

Classificação:

Algumas fotos fofas desse primeiro livro:

Eragon com o meu presente vindo direto da Tokyo Disneyland. 
Mapa do reino de Galbatorix.

Saphira linda


Espero que tenham gostado, assim como eu, dessa bela história. Beijinhos e até a próxima :)











TAG: eu amo viajar!

7 comentários:
Olá pessoal, tudo bem?

Nossa TAG de hoje será sobre viagem, e sempre que posso e o orçamento ajuda embarco em uma nova aventura. Hoje irei falar sobre Canoa Quebrada, uma praia localizada no litoral do Estado do Ceará, no Nordeste do Brasil, certa de 166 km de Fortaleza. Neste ano estive em Canoa três vezes. A primeira foi no ano novo, a segunda com um grupo de amigas, e a recente nos dias 16 e 17 de Outubro. Cada ida conheci algo diferente em Canoa, lugares, paisagens, comida, tudo ótimo. 

Fazer uma viagem desse tipo pode tornar barato e proveitoso. Lá você pode encontrar pousadas de bom custo e confortável (nessa última viagem, tive o prazer de dormir pela primeira vez lá, e fiquei na pousada "Zodíaco", recomendo), segue no link sobre Canoa, e dicas de pousadas. Você também pode se divertir muito, conhecendo os pontos turísticos desse lugar fantástico. Passeios de buggy, tirolesa, paraquedas, lagoas, e também saborear uma boa comida.


Você pode ir sozinha(o), ou com grupos de amigos, com a família, com namorado(a), você pode ir e aproveitar, por que vale muito a pena. Então vamos lá conferir algumas fotos que tirei durante essas idas? Espero que gostem.  
E aguardem a próxima viagem!




Fotos do ano novo...


Nesse período do ano é muito movimentado, com atrações, estrangeiros, e você pode conhecer muitas pessoas. 


"Barraca do reggae "Freedom"


" Saltar de paraquedas, e ganhar uma vista encantadora"





"Pôr do sol"

Segunda ida...

"Com uma vista para o mar, você pode saborear uma boa comida nas barracas, e restaurantes" 


"Cartão postal de Canoa Quebrada, a Estrela, muito fácil de encontrar"


"Vista proporcionada da ponte, dá pra ver ao fim da tarde o sol se despedindo."


 "A ponte "



Terceira ida...

Nessa última ida a Canoa Quebrada conheci um lugar lindo. A tirolesa lhe faz cair na lagoa, e a sensação de está voando é incrível. Recomendo!  

Entrada que dá aceso a Broadway, "estilo vila", você encontra muitas lojas para comprar lembranças de Canoa Quebrada, restaurantes, musica ao vivo, e tudo mais. 



Bom pessoal, espero que tenham gostado, e fiquem de olho nas novidades do Blog. Ate a próxima. Beijinhos!













Lista de Leitura {1}

7 comentários:

Bom dia, chuchus. Tudo bem com vocês?

Hoje vim falar de um fato marcante que irei adotar a partir de agora, irei fazer listas de livros, onde adicionarei livros parados em minha estante a tempos e colocarei alguns que tenho vontade de ler também. Com isso, diminuirei a fila imensa que tenho de livros não lidos, acho que chegou a bater os 100 livros, se não me engano. :/

Portanto, só lerei outros livros após terminar estes nove livros, escolhi alguns grandes e outros pequeninos, para não ficar muito extensa ou cansativa essa mega operação de leitura. haha

Segue abaixo a pequena pilha de livros que irei ler:

A ordem de leitura será a seguinte:

  1. Eldest - Christopher Paolini (Comecei ele domingo)
  2. Brisingr - Cristopher Paolini
  3. Herança - Christopher Paolini
  4. Christine - Stephen King
  5. Morte no Nilo - Agatha Christie
  6. Carrie, a Estranha - Stephen King
  7. Assassinato no Expresso do Oriente - Agatha Christie
  8. Saco de Ossos - Stephen King
  9. Um Corpo na Biblioteca - Agatha Christie

Nessa primeira lista, escolhi três autores, dois que sou apaixonada e uma que tenho muita curiosidade de conhecer. Após cada leitura, irei trazer, aqui, sua resenha para expressar minha opinião sobre o livro. Acredito que esta forma é ótima para acabar com os livros encostados na estante, tirando o fato de parar de comprar novos. hehe

Até a próxima, não se esquecendo que essa semana terá resenha do maravilhoso livro Eragon.

Beijinhos!













{Resenha} A Noite dos Mortos-Vivos - John Russo

4 comentários:
Bom dia chuchus que me acompanham nessa árdua caminhada de leitora enlouquecida, tudo bem com vocês?
Hoje o dia começou terrivelmente, primeiro tive que fazer essa resenha que critica um livro - algo que me deixa muito triste - segundo, minha resenha sumiu, isso mesmo, ela sumiuuu!!!! Ou seja, tive que criticar duas vezes u.u...

Título: A Noite dos Mortos-Vivos //  A Volta dos Mortos-Vivos
Autor: John Russo
Editora: Darkside
Páginas: 320
Ano: 2014
Saiba mais em: Skoob
Compre em: Submarino  Americanas  Amazon

Sinopse: Se hoje os zumbis estão em alta é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de A Noite dos Mortos-Vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em A Noite dos Mortos-Vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana. O próprio John Russo (que também atua no clássico de 1968 como um zumbi) adaptou a história do filme neste romance que a DarkSide traz para o Brasil.
A Noite dos Mortos-Vivos inclui ainda uma surpresa para os leitores: o texto integral da sequência do clássico, que nunca chegou a ser filmada, chamada de A Volta dos Mortos-Vivos (não vai confundir com a comédia trash de 1985, que também contou com Russo no time de roteiristas). Depois de 45 anos, finalmente é publicado no Brasil o romance do filme que marcou gerações.
A Noite dos Mortos-Vivos inclui ainda uma surpresa para os leitores: o texto integral da sequência do clássico, que nunca chegou a ser filmada, chamada de A Volta dos Mortos-Vivos (não vai confundir com a comédia trash de 1985, que também contou com Russo no time de roteiristas). Depois de 45 anos, finalmente é publicado no Brasil o romance do filme que marcou gerações.

A história começa mostrando os irmãos Johnny e Bárbara  (23  e 19 anos) indo visitar o túmulo do pai em uma zona rural muito distante da cidade,  eles percebem que há algo de errado pois as rádios estão fora de sintonização e não há pessoas nos arredores da área. Eles permanecem até anoitecer no cemitério ao lado da igreja,  e é nessa noite que eles descobrem que há algo de errado com a humanidade, pois um homem tenta atacá-los. Bárbara consegue fugir e se esconde em uma pequena propriedade onde estão Ben, Harry, Tom, Helen, Judy e Karen. As seis pessoas tentam se esconder das aberrações que estão soltas por todo país,  sendo necessário convocar a guarda nacional para combater esses seres horrendos, que, posteriormente, são confirmados como sendo mortos que ressurgiram.

O livro, em um primeiro momento, é considerado interessante, mas, após os primeiros capítulos percebemos que a leitura se tornará massante e cansativa,  demorei um mês inteiro para ler 165 páginas. Ele se torna repetitivo, todo o livro se passa na pequena casa rural, e os fatos não nos tem aquele gostinho de "o que acontecerá agora?", tornando o livro monótono. A história não nos prendia na leitura, fazendo com que o final se torna-se previsível faltando uns 3 capítulos para acabar o livro.
Sinceramente,  me decepcionei profundamente com esse livro, esperava muito dele. Talvez não tenha lido numa boa hora, talvez devesse ter assistido o filme primeiro ou talvez não tenha um gosto refinado para apreciar essa obra hihi..O fato é que o final foi tão deprimente que perdi a ânsia de ler sua continuação,  tenho medo de me decepcionar ainda mais com o autor.

Classificação:

Mesmo tendo me decepcionado com a história, tenho que ser justa e falar que, fisicamente, o livro é muito bonito. Babem um pouquinho nas fotinhas a seguir..


Livro e marcador que veio junto;

Cena do filme que separa as duas histórias;

Contra-capa da história A Noite dos Mortos-Vivos.

E vocês,  já leram esse livro? Se sim o que sentiram após o último capítulo?  Deixe sua opinião e tente me persuadir a ler sua continuação haha

Beijinhos e até mais..












{Resenha} Onde Cantam os Pássaros - Evie Wyld

20 comentários:
Bom dia, pessoas lindas que me acompanham no blog.

Sumi porque to com muita coisa pra pouca Lays, não to tendo tempo de ler mais (mil choros)
Mas, com muita fé (haha) consegui terminar um livro que me deixou extremamente apaixonada. Lá vamos nós.

O que dizer, primeiramente, da Darkside?
Os livros dela são P E R F E I T O S. Eu comecei me apaixonando pela editora ao adquirir o livro "onde cantam os pássaros", pois ele é magnífico, assim como todos os outros livros que essa editora linda criou. A capa é dura, contém um marca página embutido - sendo um alívio para mim, que sempre derrubo o marcador e perco a página que estou -, as páginas são amarelinhas e a sua contra-capa, sério, para que tanta perfeição? Me apaixonei pelas ovelhinhas todas amontoadas. Depois disso, essa editora já tinha ganhado meu coração eternamente.

Não resisti a tanta belezura, tive que pular toda a minha fila literária para poder lê-lo, e, confesso que não me arrependi. Vou contar um pouquinho da minha experiência como leitora iniciante da Darkside.

Livro: Onde Cantam os Pássaros
Autor: Evie Wyld
Editora: Darkside
Páginas: 256

Sinopse: No premiado romance de Evie Wyld, a fazendeira Jake White leva uma vida simples numa ilha inglesa. Suas únicas companhias são rochedos, a chuva incessante, suas ovelhas e um cachorro, que atende pelo nome de Cão. Tendo escolhido a solidão por vontade própria, Jake precisa lidar com acontecimentos recentes que põem em dúvida o quanto ela realmente está sozinha - e o quanto estará segura. De tempos em tempos, uma de suas ovelhas aparece morta, o que pode ser muito bem obra das raposas que habitam a floresta próxima à sua fazenda. Ou de algo pior. Um menino perdido, um homem estranho, rumores sobre uma fera e fantasmas do seu próprio passado atormentam a vida de uma mulher que sonha com a redenção. 

Aos poucos, vamos descobrindo mais sobre as suas habilidades em tosquiar e cuidar de ovelhas, aprendidas ainda quando jovem, em sua terra natal, na Austrália. E vamos aprendendo também o que aconteceu lá, que acabou por conduzir White à uma vida de reclusão e isolamento. E sobre as contradições e diferenças entre um passado (sempre narrado no tempo verbal presente) cheio de vida e calor, e o presente (narrado por sua vez no passado) repleto de lama, frio e um ritmo mais desacelerado, paira uma atmosfera absolutamente brutal. 

O livro é muito bem escrito, contando a vida - em flashes momentâneos, da fazendeira Jake White -. No começo, encontramos Jake na sua nova vida, cuidando de suas ovelhas e tentando levar uma vida normal, mas algo assola sua calmaria, e durante todo o livro tentamos entender qual o grande segredo que ronda sua vida e suas cicatrizes (e o mais legal de tudo isso, este segredo só é revelado no último capítulo - haja coração haha).
Por ser contado em flashes, descobrimos sua história aos poucos, criando a cada novo capítulo, um novo mistério. É inacreditável a quantia de interrogações que se cria na cabeça ao tentar entender o porque de Jake se esconder numa ilha tão afastada e por não ter amigos, em paralelo a esses seus medos, algo assola a fazenda, uns dizem que é apenas uma raposa, outros dizem que são os garotos baderneiros, mas para Jake, o culpado da morte de suas ovelhas, certamente, é um monstro, pois ninguém seria capaz de tanta crueldade.
Durante a trajetória, surge um personagem que conseguirá romper com a solidão de Jake, e os dois, tentam se ajudar nas tarefas que foram incumbidos de realizar. Lloyd se torna o único amigo de Jake, e juntos, tentam entender o porque do sumiço de suas ovelhas.
Independente do seu passado e de seu motivo de ter se mudado para a pequena ilha, Jake me inspira por mostrar que é independente e não precisa de homem para ser feliz, um tanto quanto moderno se pensarmos nas reivindicações diárias que me deparo, em todos os meios de comunicação, de mulheres querendo ter respeito e ter direitos iguais independente do seu gênero sexual.

A partir desse livro, a Darkside ganhou meu coração, só de saber que eles são voltados à livros de terror, dá vontade de ter toda a sua coleção. Sem contar, que o modo que o livro foi escrito nos possibilita uma viagem fantástica, adoro quando o narrador é em terceira pessoa, amo mais ainda quando ele é onisciente :D

Classificação:


Abaixo deixo um pouquinho de sua belezura:


Capa maravilhosa e ainda por cima dura *.*

Ovelhinhas muito fofas na contra-capa

Vanillinha e suas sardas acompanhando a leitura *.......*

Para fechar com chave de ouro, as folhas tem extremidades preta :O

Espero que tenha transmitido a vocês, um pouco do meu amor por essa editora, indico a todos seus livros, são perfeitos tanto fisicamente quanto na sua história. Até a próxima :D